top of page

IMAGENS PARA O FUTURO

Exposição no MIS-SP constrói narrativa visual que conecta temas e territórios com foco nos direitos sociais



As bailarinas de Paraisópolis Foto: Alex Almeida

Desde o dia 11 de julho, trabalhos de 16 fotógrafas e 16 fotógrafos estão reunidos no MIS (Museu da Imagem e do Som), em São Paulo, na exposição "Imagens para o Futuro", com curadoria de Ivana Debértolis e Mônica Maia.


Quais as principais fragilidades de nosso país na atualidade? Que Brasil queremos para as próximas décadas e gerações? Como contribuir para que o país seja melhor para todos? Foram estas algumas das questões que direcionaram as curadoras durante a edição de fotografias que integram a mostra.


"Com a força da bandeira indígena, o trançar das raízes do cabelo, os corpos livres, as ameaças às florestas, dos banhos de rio, da dança no chão batido, as imagens também dialogam com os direitos culturais e ambientais", diz Mônica Maia. "São representações destacadas sobre hoje e um amanhã melhor", completa.


Ruínas Florestais Foto: Rafael Vilela

O projeto tem como objetivo trazer um recorte visual de possíveis caminhos para a sociedade brasileira e propor uma reflexão sobre os modelos atuais de convivência, assim como, apresentar iniciativas que possam contribuir para uma sociedade mais humana, justa e igualitária.

“Pensando a fotografia documental e jornalística como potentes ferramentas de informação, comunicação e reflexão, acreditamos que, por meio de imagens, seja possível trazer questões essenciais para o debate, incentivando, assim, o pensamento crítico e independente, que pode vir a contribuir para a transformação de práticas rumo à construção de um futuro mais justo”, defende Ivana Debértolis.



A dança Foto: Milena Paulina

Buscando construir uma narrativa imagética contestadora e abrangente, foram selecionados fotógrafos e fotógrafas de diversas regiões do país, tais como: Amanda Perobelli, Bruno Morais, Helen Salomão, Hudson Rodrigues, Hugo Martins, Ingrid Barros, Isis Medeiros, Lalo de Almeida, Luisa Dörr, Raphael Alves. Imagens em formatos maiores na área externa da sala estão acompanhadas de depoimentos, entre eles um trecho da ativista indígena Txai Suruí: “Através da arte os povos originários vêm espalhando e semeando sonhos para adiar o fim do mundo.”


Guerreiro Foto: Isis Medeiros

Um audiopoema é executado ininterruptamente durante a visitação, com conteúdo composto pela artista Karen Debértolis especialmente para a exposição. A intenção é criar um diálogo entre as imagens e a ambientação sonora, ampliando a experiência do público.


Encontro com Simonetta Persichetti


No dia 5 de agosto, uma conversa com a jornalista especializada em fotografia está marcada para debater o tema da exposição com o público. "Neste momento de espanto com as novas possibilidades e com o abalar das nossas certezas, talvez o mais importante seja repensar o papel da imagem dentro de um contexto sócio-histórico. Como ela impacta nossa vida tanto do ponto de vista ético como estético. Refletimos por meio das imagens, agimos por meio das imagens, elas nos ajudam a pensar. Se no final da década de 1970 e início de 1980, os filósofos tiraram a fotografia da sua aplicabilidade para inseri-la na área da cultura, agora devemos percebê-la de maneira mais contundente como um fenômeno comunicacional", reflete Simonetta. O encontro contará com intérpretes de libras, é gratuito e aberto ao público.


A exposição é uma produção de Everyday Brasil e Mulheres Luz, com assistência de produção de Livia Bitetti, direção de arte de Fernanda Masini e Clara Turazzi, projeto gráfico editorial de Thea Severino e Márcio Freitas, Audiopoema de Karen Debértolis, impressão das fotografias Imagens de Papel e montagem das obras e molduras espaço opHicina, depoimentos de Paulina Chamorro, Shai Andrade e Txai Suruí e palestra com Simonetta Persichetti.


O projeto "Imagens para o futuro" foi contemplado pelo EDITAL PROAC No 9/2022 - Artes Visuais/Produção de Exposição Inédita, do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura e Economia Criativa.



Imagens para o Futuro

Fotografias de Ahmad Jarrah, Alex Almeida, Amanda Perobelli, Ana Carolina Fernandes, Andressa Zumpano, Antonello Veneri, Brenda Alcântara, Bruno Morais, Christian Braga, Dan Agostini, Danilo Verpa, Diego Baravelli, Felipe Fittipaldi, Gisele Martins, Helen Salomão, Hudson Rodrigues, Hugo Martins, Ilana Bar, Ingrid Barros, Isis Medeiros, Lalo de Almeida, Luca Meola, Luisa Dörr, Márcia Foletto, Milena Paulina, Mônica Zarattini, Rafael Mattar, Rafael Vilela, Raphael Alves, Rejane Alice, Tiago Queiroz e Walda Marques.


Visitação até dia 13 de agosto

Terças às sextas, das 10h às 19h; sábados, das 10h às 20h; domingos e feriados, das 10h às 18h


MIS - Museu da Imagem e do Som

Av. Europa, 158 | São Paulo, SP

Local: espaço expositivo 2º andar

Ingresso gratuito


Encontro com Simonetta Persichetti

Dia 5 de agosto, sábado, 15h

Auditório MIS (172 lugares)

Ingresso gratuito (retirada com uma hora de antecedência na bilheteria do MIS)




A queda da floresta Foto: Ahmad Jarrah

Sem título Foto: Amanda Perobelli

Trajeto de memórias Foto: Brenda Alcântara

Pantanal em chamas Foto: Lalo de Almeida


Para saber mais e acompanhar os projetos: https://www.instagram.com/everydaybrasil/

Comentarios


bottom of page