MEDOS E SONHOS

O fotógrafo Hudson Rodrigues faz um recorte sobre os temores e anseios de adolescentes do ensino público na periferia de São Paulo


Fotos: Hudson Rodrigues

Texto: Everyday Brasil e Matheus Lima




Em 2019, o fotógrafo Hudson Rodrigues voltou ao bairro de Americanópolis, na zona sul de São Paulo, onde morou por muitos anos, a fim de rever sua adolescência pelos olhos dos jovens que ali vivem atualmente.

Sua experiência como adolescente, com medos, sonhos e as tentativas de escapar do que não era bom nesse contexto, o impulsionou a retornar e pensar sobre esse período da vida a partir do ponto de vista desses jovens. "Quis traçar um paralelo entre os meus sonhos de garoto com os sonhos atuais desses adolescentes, a maioria deles são de famílias simples, com dificuldades financeiras e sociais", conta Hudson.


Para o fotógrafo, umas das coisas que mais o marcaram na época em que viveu no bairro foram as escolas públicas locais, com estrutura precária e sem muitos recursos. Hudson escolheu uma das escolas, estabeleceu uma relação com alguns alunos e deu a eles um papel onde pediu para que escrevessem sobre seus medos e sonhos.


O resultado é um trabalho tão potente quanto delicado, que nos leva a refletir sobre os nossos próprios anseios e angústias diante de um Brasil que desmorona a cada dia nas mãos de um governo explicitamente desinteressado pelo ser humano e sua evolução.

Na opinião de Hudson, mesmo depois de tantos anos distante do bairro e da escola, as aspirações e receios dos adolescentes não mudaram muito naquela região, continuam esperando por dignidade e condições de sonhar, e o maior sonho é não ter mais medo.




Vitoria Souza Medo: não conseguir ajudar a quem precisa Sonho: ser reconhecida profissionalmente

Tiago Santos de Oliveira Junior Medo: morrer Sonho: ser rico

Guilherme Augusto Medo: perder minha mãe Sonho: ser piloto de avião

Bianca dos Santos F. Souza Medo: barata e rato Sonho: ser veterinária e viajar

Ana Cecilia Negrini C. Recchi Medo: perder alguém que eu amo Sonho: viajar o mundo

Jhordan W. de Souza Medo: perder a mãe Sonho: ser reconhecido no youtube e dar orgulho para minha mãe

Monyk Satele Alves Medo: perder minha família Sonho: viajar o Mundo

Arthur Santos de Brito Medo: apanhar Sonho: dormir na casa do seu amigo Dou

Suelen de Souza Fatel Medo: Barata Sonho: conhecer toda a sua família, que ela só tem contato virtualmente

Luiz Felipe da Silva Medo: perder minha mãe Sonho: dar uma vida digna a minha família


O SONHO DA EDUCAÇÃO BÁSICA PÚBLICA NO BRASIL


por Matheus Lima


A escola pública é uma instituição fundamental e sua situação é uma boa imagem do que é a sociedade na qual ela está inserida. Em outras palavras, o projeto de sociedade é, em grande medida, o projeto de escola pública.


Se, por um lado, as lutas populares, ao longo da história, alcançaram conquistas como a educação pública universal e gratuita - sem esquecer que, até pouco tempo atrás, não havia vagas para todas as crianças - por outro lado, esses avanços foram sempre combatidos e condicionados por interesses contrários, dos setores que se beneficiam das desigualdades em suas múltiplas formas.


A estrutura precária da escola que o fotógrafo Hudson Rodrigues visitou para o ensaio fotográfico é o retrato disso. Para os pobres, uma escola pobre.


O tempo em que vivemos, de obscurantismo político no Palácio em Brasília, a pandemia e o agravamento da crise econômica aprofundam a precarização da educação e aumentam as desigualdades. É o projeto de ruína de uma construção que nunca se concluiu.


Se é verdade que é preciso mudar a sociedade para que haja mudança na educação, é também verdadeiro que os principais agentes de transformação que virão são as meninas e meninos que estão na escola pública, que, apesar de tudo, resiste.


Não há saída para o buraco em que fomos metidos sem que haja conexão com o enfrentamento dos medos e a busca de realização dos sonhos dessa meninada. Que encontremos esse caminho.



Matheus Lima é professor de história na rede pública estadual de São Paulo.



Para saber mais sobre o trabalho de Hudson Rodrigues:

https://www.instagram.com/hudrodrigues_/